Tega Engenharia e Meio Ambiente

Informações Tega

Como evitar autuações e multas de órgãos ambientais.

Mais notícias

Garantir que a qualidade dos efluentes tratados esteja dentro das normas estabelecidas pelos órgãos de saúde e ambientais é uma das maiores preocupações de quem possui uma Estação de Tratamento em seu estabelecimento, pois muitas vezes encontram dificuldades na operação causados por diversos motivos, tais como a falta de manutenção de equipamentos.


As chamadas manutenções preventivas têm o objetivo de prolongar a vida útil dos itens que compõem as estações e se certifica de que ela opere com alta eficiência e de maneira segura, evitando penalidades com descarte indevido de efluentes ou água tratada fora dos padrões de potabilidade.


Porém, é de extrema importância que essas atividades sejam realizadas por equipes especializadas e que realizem periodicamente os treinamentos e atualização das normas vigentes, visto que alguns itens importantes devem ser observados para garantir a potencialização dos recursos aplicados em sua implantação e evitar gastos desnecessários e a possibilidade de prejuízos maiores como multas e paralisação da atividade.


Neste sentido, muitos empresários optam por terceirizar esta atividade para concentrarem em suas atividades principais (core business), otimizando processos, aumentando a eficiência e reduzindo as despesas.

 

Quais os cuidados devemos tomar para montar um plano de operação eficiente?

 

Uma vez que a baixa performance de um sistema de tratamento está diretamente ligada ao desajuste/mau funcionamento dos equipamentos, o primeiro passo é realizar uma vistoria geral no sistema instalado, observando a conservação e limpeza do local. 

 

No caso das ETE’s, deve-se observar ao menos uma vez ao dia avarias nas tubulações e condição dos tanques, aeradores, sopradores, motores, bombas dosadoras, bombas hidráulicas, assim como a checagem de funcionamento de componentes elétricos do sistema.

 

Atualmente tem-se a possibilidade de automação do sistema com recursos que vão desde o monitoramento on-line até a operação remota que com a popularização das tecnologias vem se tornando cada vez acessíveis. 

 

TEM INTERESSE EM TERCEIRIZAR O GERENCIAMENTO DE ESTAÇÕES NO SEU EMPREENDIMENTO E GARANTIR A QUALIDADE DOS EFLUENTES TRATADOS? CLIQUE AQUI E FALE COM UM DE NOSSOS CONSULTORES


O que pode acontecer se o tratamento de efluentes for ineficiente?



Solicitar orçamento

Tega Engenharia